BIOcapacitaçãoOs cursos de BIOcapacitação de mão de obra consistem em cursos práticos e teóricos com o objetivo de qualificação profissional em técnicas construtivas sustentáveis e saudáveis.

Todos nossos cursos visam a plena capacitação dos participantes de acordo com a demanda e necessidades do contexto em que os cursos são propostos.

Entendemos que as Técnicas sustentáveis e saudáveis de BIOconstrução devem ser bem projetadas e executadas, assim a mão de obra qualificada é um dos elos necessários para a cadeia da BIOconstrução Saudável. Nosso objetivo principal com os cursos é garantir que as técnicas sejam aplicadas corretamente em projetos e executadas de maneira eficaz e eficiente, dando assim credibilidade, solidez e segurança para projetos e obras que pretendem ter graus satisfatórios de sustentabilidade e sustentabilidade.

BIOcapacitaçãoO atual mercado das BIOconstruções necessita de um olhar técnico e apurado, para poder ser competitivo e oferecer padrões de qualidade em seus produtos, quando comparados com o mercado das construções convencionais. Nossos cursos de BIOcapacitação oferecem ferramentas à arquitetos, engenheiros, construtores, mestre de obras e pessoas leigas interessadas, para que estes possam aplicar as técnicas escolhidas com segurança e certeza da qualidade do produto final.

Alem da qualificação e formação profissional no tema de necessidade, também damos um enfoque lúdico e transformador nos cursos ministrados, pois acreditamos que o “modismo verde” não tem durabilidade se não for executado por pessoas e profissionais que realmente acreditam na causa da sustentabilidade e salubridade.

Assim, todos nossos cursos também tem o foco de agregar conceitos de vida saudável e sustentável para sensibilização e motivação dos participantes. A idéia central é começar a mudança de “dentro para fora” de forma que a vontade de agir nasça da sensibilização pessoal e social pela causa. Em primeiro momento estimulando atitudes em esferas mais pessoais e locais e consequentemente para as esferas mais sociais e urbanísticas.

Sempre agindo localmente e pensando globalmente, ou seja, com consciência de que pertencemos à uma rede de ecossistemas, onde cada ação pontual de um organismo ecoa e tem efeitos em toda rede.

BIOhabitate - todos os direitos reservados